Contrato de Trabalho Verde e Amarelo: Principais regras e caracteristicas



31/01/2020


O presente artigo tem como objetivo apresentar as principais regras do Contrato de Trabalho Verde e Amarelo, que foi instituído pela Medida Provisória (MP) nº 905, de 11 de novembro de 2019.

A nova modalidade de contratação é destinada a jovens com idade entre 18 e 29 anos para o registro do primeiro emprego na Carteira de Trabalho em novos postos de trabalho.

Para o entendimento das regras aplicadas ao novo modelo de contratação, também deverá ser consultada a Portaria nº 950, de 13 de janeiro de 2020, da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (SEPT), que apresenta normas complementares para aplicação ao Contrato de Trabalho Verde e Amarelo.

Contrato de Trabalho Verde e Amarelo

Para a formalização do Contrato de Trabalho Verde e Amarelo, além do limite de idade e a condição do primeiro emprego em Carteira de Trabalho, deverão ser observadas, dentre outras, as seguintes regras previstas na MP nº 905/2019 e na Portaria SEPT nº 950/2020:

  • o prazo máximo do contrato será de 24 (vinte e quatro) meses, incluindo as prorrogações;
  • aplicado para contratações no período entre 1º/01/2020 a 31/12/2022;
  • a prorrogação do contrato poderá ocorrer até o dia 31/12/2022 e enquanto o trabalhador tiver idade inferior a 30 (trinta) anos; e
  • o salário-base mensal do trabalhador será até um salário-mínimo e meio nacional.

Para fins da caracterização do 1º emprego o trabalhador deve apresentar ao empregador informações da sua CTPS Digital, comprovando a inexistência de vínculos laborais anteriores. E, na verificação da condição do primeiro emprego, por determinação do § 5º do art. 2º da Portaria SEPT nº 950/2020, serão desconsiderados os seguintes vínculos laborais:

  • Menor Aprendiz;
  • Contrato de Experiência;
  • Trabalho Intermitente; e
  • Trabalho Avulso.

Outra importante característica nessa modalidade de contratação é a possibilidade de sua utilização em qualquer tipo de atividade, seja ela transitória ou permanente, e para substituição transitória de pessoal permanente (§ 1º, art. 5º da MP nº 905/2019).

Definição do Número de Vagas

Para calcular o número médio de trabalhadores e definir a quantidade de vagas que serão permitidas na modalidade de Contrato de Trabalho Verdade e Amarelo, deverão ser atendidas as condições estabelecidas no art. 3º da Portaria SEPT nº 950/2020:

"Art. 3º Para aferição da média de que trata o art. 2º da Medida Provisória nº 905, de 2019, serão considerados:
I – todos estabelecimentos da empresa; e
II – o número total de empregados a cada mês, correspondendo à quantidade de vínculos ativos no último dia daquele mês.
§ 1º A média de que trata o caput poderá ser consultada, por estabelecimento, nos sítios www.gov.br ou https://servicos.mte.gov.br/verdeamarelo.
§ 2º São considerados novos postos de trabalho as contratações que tornem o total de empregados da empresa superior à média de que trata o caput.
§ 3º A consulta a que se refere o §1º será realizada mediante o uso de certificação digital."




Cenario Favorece Regime de lucro Real
Contribuinte na malha fina pode contestar valores pela internet
Gestao Agil Empresa de Sucesso
Receita detalha como vai monitorar maiores contribuintes
Confira cinco dicas para entrar 2021 com sua gestao administrativa regularizada


Mídia Marketing - 2012
Setor de Programação