Ministerio da Economia lanca canal para denuncias trabalhistas



20/05/2020


A Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia lançou um canal para registro de denúncias trabalhistas no portal Gov.br. O objetivo da ferramenta é que o trabalhador não tenha que ir a uma das unidades das superintendências regionais do Trabalho do Ministério da Economia para registrar uma reclamação.

De acordo com a Secretaria, a novidade promete redução de custos e melhora na gestão pública. Além disso, servidores que atuavam no atendimento presencial poderão ser deslocados para realizar outras atividades.

Como denunciar

O canal pode ser usado para denúncias, reclamações e registro de irregularidades trabalhistas. Para isso, é preciso cadastrar o CPF - Cadastro de Pessoas Físicas - e uma senha na área de acesso ao portal Gov.br.

Não é possível fazer denúncia anônima, mas os dados do denunciante são sigilosos e não serão divulgados no curso de uma possível fiscalização.

No caso de trabalho análogo ao de escravo, não é exigida a identificação do denunciante no Gov.br, mas a denúncia deve ser feita pelo Sistema Ipê, disponível também no portal Gov.br.

O tempo estimado para realizar uma denúncia trabalhista é de cerca de 15 minutos.




Entra em vigor novas regras de Registro Publico de Empresas
Parcelamento do FGTS pode ser prorrogado
Imposto de Renda Saiba o que fazer se voce perdeu o prazo de entrega
Reducao e suspensao de contrato podem ser prorrogados por ate quatro meses
Declaracao do IR de anos anteriores tambem pode ser enviada a Receita


Mídia Marketing - 2012
Setor de Programação