DIGITAL SOLUCOES CONTABEIS NA SERIE DE DICAS IMPOSTO DE RENDA - DICA 2



25/02/2018


Dica 02

 

A Receita Federal ainda não abriu o prazo para a entrega das declarações de 2018, que deve começar em 1º de março, mas orientamos que, quanto antes for reunida a documentação necessária, menores as chances de o contribuinte cometer erros que podem levá-lo a cair na malha fina.

 

A ausência de notas e recibos de despesas que dão direito a deduções está entre os principais motivos que levam o Fisco a reter declarações para uma fiscalização mais aprofundada. Portanto, é recomendável ter todos os documentos à mão antes de começar a preencher os formulários. Cair na malha e não remediar rapidamente a falha significa enfrentar um dor de cabeça que pode durar até cinco anos. Esse é o tempo em que a declaração pode ficar retida pela Receita Federal, cujos auditores passarão a olhar os dados com lupa, após inúmeros cruzamentos de dados pelos computadores.

 

O contribuinte que cai nessa situação, muitas vezes, precisará correr atrás de uma documentação ainda maior, pagar um contador ou outro profissional para tentar se livrar das garras do Leão. Geralmente, após pagar mais imposto.




Como ficam as ferias para quem teve contrato suspenso na pandemia
ISS - Nova lei altera recolhimento do municipio onde servico e prestado
Projeto de Lei reduz aliquotas de Simples Nacional
Saiba como alterar o ramo de atividade da sua empresa
Parcelamento do FGTS: Confira novas orientacoes para contas bloqueadas


Mídia Marketing - 2012
Setor de Programação